Juntos Somos Oficina!

Juntos Somos Oficina!

Por Ricardo Leite

Há quinze anos, uma ideia de se viver a arte de um jeito novo, em uma proposta educativa, transformadora e libertadora, veio a florescer no movimento espírita carioca. Tratava-se da Oficina de Estudos da Arte Espírita, um trabalho que nasceu de um grupo (oriundo do tradicional encontro da COMEERJ- Confraternização de Mocidades Espíritas do Estado do Rio de Janeiro), que acreditava nos benefícios da permanência das energias produzidas por aquele encontro ao longo do ano. Assim, a Oficina nasce com o principal objetivo de fortalecer a Ação Evangelizadora (em seu sentido mais amplo), mediante a Arte à luz da Doutrina Espírita, tendo como premissa a qualificação artística dentro e fora do movimento espírita. Como o trabalho era desenvolvido inicialmente pela equipe de “violeiros” do encontro, a música acabou sendo a modalidade artística que deu início ao trabalho e, mais tarde, outros saberes artísticos foram sendo incorporados. 

De lá para cá muita coisa aconteceu. Passamos por diversas sedes, por muitas instituições espíritas que abriram generosamente as suas portas para abrigar esse projeto e mantê-lo de pé, pois, sem eles, não seria possível concretizá-lo efetivamente. Com todo esse apoio, nos dois planos da vida, o trabalho foi crescendo naturalmente e o seu raio de ação se expandindo gradativamente, mas a sua essência e os seus objetivos primários permaneceram os mesmos.

Ao longo de todo esse tempo, a Oficina vem reafirmando a sua vocação educativa, alimentando um espaço de proposições reflexivas profundas acerca do potencial artístico que habita cada um de nós, promovendo um ambiente nutrido pela humanização das relações sem perder o primor pela preocupação permanente do “fazer artístico” apoiado na apuração do senso estético e da valorização da técnica que cada conhecimento do campo da arte possui. Esses princípios são traduzidos nas diversas atividades da instituição: seja por meio de suas aulas das diversas modalidades artísticas, que contam hoje  com dezenas de trabalhadores divididos em 12 cursos e cerca de 200 alunos atendidos de forma gratuita de diversas regiões do Rio de Janeiro; seja através de suas produções, cada vez em maior número, que já alcançaram milhares de fruidores dentro e fora do movimento espírita, como o musical “Entre o Céu e o Inferno”, que alcançou cerca de 7.000 espectadores, em cartaz por duas temporadas na cidade do Rio. Vale ressaltar que todo o trabalho é feito de forma voluntária por seus diversos colaboradores, sendo mantido por doações e colaborações diversas.

O número de pessoas beneficiadas por esse trabalho, os relatos daqueles que se sentiram transformados, em alguma medida, pelo contato com essa proposta e a força coletiva que cresce a cada ano nos mostra o quanto valeu a pena investir nessa trajetória composta de tantos corações amigos e abnegados que se doaram pela consolidação da instituição, pois a força que fez a Oficina chegar até aqui emana de um sentimento legítimo de filiação a esse espaço gerador de uma força regeneradora, amorosa e artística.

Conheça mais do trabalho em www.oficina.org.br e venha um dia nos visitar. A família Oficina está sempre de braços abertos para receber todo aquele que queria crescer conosco. Juntos, somos Oficina!